BLOG

Pop-ups, pick-ups e lojas não tripuladas.

O mercado sempre desempenhou um papel fundamental na história humana, não apenas em termos de progresso econômico, mas também nas interações entre as comunidades, se tornando um dos pilares da humanidade.

Embora a forma, o tamanho e a localização de nossos mercados de compra continuem mudando, nosso apego e dependência de compras em locais físicos não mudarão, principalmente pela experiência que proporcionam.

Todos nós sabemos que a pandemia acelerou uma grande transformação no varejo, principalmente por meio da otimização da compra online, cadeias de suprimentos de produtos e logística de entrega.

O próximo passo, conforme o mundo se reabre, com cautela em meio a chegada da vacina, é ver como as lojas físicas responderão às novas demandas e evoluirão para um futuro de longo prazo.

O que sabemos até agora é que os varejos físicos precisam abranger conveniência e higiene com inovação e acolhimento, integração e otimização de compras online, através de logística de entrega e troca, e que cada vez mais teremos os consumidores fazendo compras em espaços sem contato com vendedores tradicionais.

Dito isso, acredito que temos três fortes tendências em curso:

  • Pop-ups

Lojas que criam ricas experiências, focadas nas estratégias das marcas, sempre localizados em pontos de alto tráfego para gerar reconhecimento e avaliação.

Os consumidores tendem a associar pop-ups com exclusividade, portanto, há uma grande oportunidade para as marcas gerarem buzz de marketing em torno de um produto e aumentar assim o envolvimento dos clientes e influenciadores locais.

O principal benefício de fazer um ponto de venda em formato pop-up é a capacidade de testar novas experiências para insights e implementação em todo o varejo.

Com tantas incógnitas em torno do comportamento do cliente, principalmente agora, um piloto para teste e aprendizado é fundamental.

  • Pick-Ups

Pesquisas indicam que, na maioria dos países, em virtude da Pandemia, os consumidores ainda não se sentem confortáveis ​​para retomar suas rotinas “normais” fora de casa e a grande maioria ainda não se sente totalmente seguro em comprar pela internet e receber em casa.

O formato de pick-up surge então como uma opção para aqueles clientes que sabem o que desejam, querem conveniência e gostariam de obter rapidamente seus produtos.

Para os clientes é extremamente conveniente e para os varejistas uma opção muito mais econômica do que entrega a domicílio, sem mencionar o banco de dados que surge com informações valiosas e possibilidade de programas de fidelidade.

Os espaços de coleta de produtos comprados de forma on-line podem estar localizadas na loja, do lado de fora ou em um compartimento separado.

Foto: Marcelo Pereira/M11 Photos
  • Loja não tripuladas

Nesta realidade pandêmica, onde higiene é tudo, pontos de venda podem funcionar “sem tripulação”, ou seja, sem vendedores para operá-las.

Essas experiências podem ser facilmente movidas para diferentes locais e pontos de acesso por períodos variados de tempo e refeitas para se adequar a campanhas e públicos.

A implementação de tecnologia sem toque, ativações feitas por movimento e voz, incentiva uma experiência que oferece segurança e conveniência, bem como descoberta.

Quiosques com vendas por autoatendimento, soluções de venda automáticas, vending machines, facilitam todo tipo de transação e serviço necessário.

Esse formato inovador tem potencial de crescimento e já está cada vez mais presente, porém o crescimento ainda é lento no Brasil, onde o maior desafio além do custo é a segurança.

É importante ressaltar que não tripulado não significa não humano.

O serviço humano e a conexão neste período que estamos vivendo são cruciais para qualquer modelo de Ponto de Venda.

As funções da equipe e do serviço mudarão para cada formato e objetivo, mas de maneira nenhuma devem deixar serem estimulantes, sempre atendendo as expectativa do varejo.

Compartilhe conhecimento

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Nascida em 2010 como um pequeno escritório de design e gerenciamento de projetos, hoje a Exhimia é uma das principais referências em planejamento, gestão e execução de soluções para o ambiente do varejo.

Com fábrica e frota própria, produzimos, enviamos e instalamos os nossos materiais em todo o Brasil.

Nossa abordagem holística e especializada, que alia inovação com senso prático, criatividade com embasamento técnico e agilidade com cuidado aos detalhes hoje é seguida e engrandecida pela inspiração, dedicação e disciplina de uma equipe de mais de 50 profissionais, todos altamente capacitados e prontos para qualquer desafio.

Nesse ano de 2021 completamos 11 anos de história e durante esse período fomos responsáveis por projetos e lançamentos de produtos para grandes marcas nacionais e internacionais como Amazon, Motorola, LG, Claro, JBL, Coty, Cimed, Grupo Boticario, Walmart, Via Varejo, entre outros.

Em virtude do momento atual mundial criamos um núcleo focado em atender a demanda de produtos para casa Exhimia Home, além dos equipamentos de segurança para conter a pandemia de Coronavirus, porém, seguimos atendendo as demandas de expositores, quiosques e mobiliários, que é nosso foco principal.

Podemos te ajudar a se proteger e melhorar a experiência da sua marca no retorno das atividades, bem como na sua casa.

Conte com a Exhimia. Cuide-se!

Este site utiliza cookies

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades de redes sociais e analisar o nosso tráfego.